INSCREVA-SE AQUI


26ª CORRIDA DA NAU AEBA RUN RACE

Associação desportiva os Rompe Solas e a EventSport organizam a 26ª Edição Corrida da Nau Aeba Run Race que tem a finalidade de estimular a prática desportiva como elemento da promoção da saúde e da qualidade de vida. Realiza-se no dia 1 de Setembro de 2019, com início às 10h00, a Corrida 10 Km e a Caminhada de 5 Km junto da Nau quinhentista em Vila do Conde. Este evento conta com o apoio da Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Vila do Conde, Associação de Atletismo do Porto e Conselho Regional de Arbitragem da AAP.

A Corrida da Nau iniciou-se em 1993, quando Os Rompe Solas se propuseram realizar uma corrida num cenário incomparável, que se viria a tornar uma referência no mundo das corridas populares em Portugal. O evento é composto por uma corrida de 10K e uma caminhada de 5K.

PARCEIROS

MEDIA-PARTNERS

LOCALIZAÇÃO


REGULAMENTO


1. ORGANIZAÇÃO

Associação desportiva os Rompe Solas e a EventSport organizam a 26ª Edição da Corrida da Nau Aeba Run Race que tem a finalidade de estimular a prática desportiva como elemento da promoção da saúde e da qualidade de vida. Realiza-se no dia 1 de Setembro de 2019, com início às 10h00, a Corrida 10 Km e a Caminhada de 5 Km junto da Nau quinhentista em Vila do Conde. Este evento conta com o apoio da Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Vila do Conde, Associação de Atletismo do Porto e Conselho Regional de Arbitragem da AAP.

A Corrida da Nau iniciou-se em 1993, quando Os Rompe Solas se propuseram realizar uma corrida num cenário incomparável, que se viria a tornar uma referência no mundo das corridas populares em Portugal. O evento é composto por uma corrida de 10K e uma caminhada de 5K.


2. PERCURSO

A Corrida 10 Km é destinada a atletas federados e não federados de ambos os sexos e dos seguintes escalões etários:

A Caminhada de 5 Km não terá carácter competitivo. É aberta a todos os participantes, sem limite de idade, que se queiram integrar na festa do desporto, aproveitando assim melhor os seus tempos de lazer.


É obrigatório os participantes da caminhada utilizarem a camisola oficial do evento.


3. PRÉMIOS

Todos os corredores da Corrida de 10 Km que cruzarem a linha de chegada de forma legal e que estejam regularmente inscritos, receberão uma medalha de participação.
.

Os prémios individuais (Troféus) são atribuídos aos 3 primeiros classificados de cada escalão, Geral M/F, Seniores M/F, VET 35 M/F, VET 40 M/F, VET 45 M/F, VET 50 M/F, VET 55 M/F, VET 60 M/F, VET 65 M/F e as três melhores equipas também serão premiadas com um troféu.

Haverá também um troféu para a equipa mais numerosa.

Os prémios serão entregues em cerimónia própria após a prova. O levantamento dos prémios só é válido único e exclusivamente no dia da prova. A Caminhada de 5 Km não terá carácter competitivo. É aberta a todos os participantes, sem limite de idade.

Os atletas nos 10 K têm direito a Medalha de Participação, T-Shirt Técnica, Dorsal, Água Vitalis, Seguro Desportivo, Saco, Diploma de Participação, Massagem e assistência médica.

A caminhada de 5 K têm direito Fruta, ÁguaDiploma de Participação.


4. INSCRIÇÃO

A inscrição poderá ser feita pela internet no Portal www.eventsport.pt ou em corridadanau.eventsport.net/

O Pagamento pode ser efetuado por multibanco (MB), ou em numerário na:

 - EventSport : Rua da Bélgica, N.º 2340, 4400-053 Vila Nova de Gaia.

- Clube de Atletismo " Os Rompe Solas " -Praça Luís de Camões, 9 - 1º E. 4480–719 Vila do Conde

As inscrições poderão ainda ser feitas no dia de levantamento dos kits.

As inscrições online na Corrida e Caminhada terminam no dia 30 de Agosto de 2019. A partir deste dia só serão aceites inscrições no local do levantamento dos kits (caso ainda não se tenha atingido o limite de inscrições).

As inscrições na 26ª Corrida da Nau Aeba Run Race têm o seguinte custo:

Até 31 de Agosto Após 31 de Agosto
Corrida 10 Km 10,00 € 15,00 €
Caminhada 5 Km 5,00 € 7, 00 €

A organização poderá prorrogar o prazo para a inscrição e até permitir inscrições para o evento no local de entrega de kits, caso não tenha sido atingido o número máximo de inscritos, a seu critério.

A organização reserva o direito de fazer promoções que alterem os preços das inscrições (descontos), bem como concursos de oferta de inscrições, sempre que bem entender.
Os participantes da caminhada de 5 km têm que usar a T-Shirt Técnica e Dorsal fornecidos pela organização.

A organização reserva o direito de aceitação à prova de qualquer inscrição.

As inscrições podem ser feitas em nome individual ou em representação de clubes, associações ou empresas.
Todos os atletas e caminhantes têm seguro desportivo.


5. LEVANTAMENTO DE KITS E DORSAIS

Local: Loja de Turismo Interativa de Vila do Conde (em frente á NAU)

Data: 30 Agosto, das 10h00 às 19h00 I 31 de Agosto, das 10h00 às 19h00 I 1 Setembro 08h00 às 9h30

O levantamento dos kits deverá ser feito individualmente. O inscrito deverá apresentar a sua identificação pessoal e o comprovativo da inscrição. Caso a inscrição esteja pendente, pode fazer o pagamento no local em numerário.

Só haverá levantamento de kits por terceiros mediante apresentação de documentação original.

Não haverá entrega de kits de participação no dia do evento (exceto a participantes que vivam longe (+20km).

Após a prova não haverá entrega de kits, camisolas ou outro material qualquer.

O dorsal recebido no kit do corredor (Corrida de 10 Km ) deverá ser afixado na parte frontal da camisola e não poderá ser removido até que seja ultrapassada a linha de chegada, sob pena de desclassificação.

O chip fornecido é intransmissível e colocado num dos sapatos.

Na Caminhada de 5Km é obrigatório o uso da camisola fornecida pela organização.

Nota – A organização não fornece alfinetes para fixar os dorsais.


6. DIA DO EVENTO

A concentração de todos os atletas participantes deverá ser feita a partir das 8h30 no local da partida da prova, junto da Nau Quinhentista na Rua Cais de Alfandega, 4480-702 Vila do Conde.

A organização garante o seguro desportivo exigido por lei, a favor de todos os participantes inscritos não federados.

Caso o participante recorra a uma Instituição do Serviço Nacional de Saúde, em função da sua participação na corrida, deverá informar a organização nas 24 horas seguintes ao início do evento para ativação do seguro desportivo, incorrendo em risco do processo não ser aceite pela companhia de seguros se esta notificação não for efetuada atempadamente.

O pagamento das taxas moderadoras é da responsabilidade do participante, podendo ser reembolsado pela seguradora caso o processo cumpra os requisitos necessários.

Os participantes poderão estar sujeitos a efetuar uma análise de controlo de dopagem.

Para os inscritos haverá guarda-roupa devidamente sinalizado para o efeito na zona da Partida/Meta.

Estão disponíveis os chuveiros/balneários que funcionarão no Parque de Jogos da Avenida Júlio Graça das 10h30 às 13h00.

Os participantes podem efetuar o estacionamento das suas viaturas na avenida Júlio Graça e na avenida do Brasil.

Santa Clara é a estação de Metro mais próxima do local de partida / meta – Linha Vermelha.

A organização não se responsabiliza pela má condição física dos participantes ou por qualquer acidente ou danos que porventura os atletas venham a causar ou a sofrer antes e depois da prova, isentando os organizadores e patrocinadores de qualquer ação judicial.

Qualquer reclamação só será aceite por escrito, se efetuada até 30 minutos após a divulgação dos resultados da prova, mediante o depósito de 100€.

Durante a prova os postos de abastecimento de água serão distribuídos, em locais devidamente assinalados.

Na corrida haverá controlo de tempo efetuado por chip (cronometragem eletrónica) ao longo do percurso.

O chip deve ser colocado conforme as seguintes instruções:

A má colocação do chip poderá causar erro na sua leitura, levando à desclassificação do atleta, sendo que a organização não pode ser responsabilizada por tal.

A cronometragem e classificação da corrida está a cargo dos juízes e cronometristas do Conselho Regional de Arbitragem da Associação de Atletismo do Porto.

Serão penalizados todos os participantes que cometam uma das seguintes infrações: não cumpram o percurso na sua totalidade; não efetuem o controlo de partida; não levem o dorsal ao peito e bem visível durante a prova; falsifiquem qualquer elemento relativo à sua inscrição; corram sem camisola; corram com o dorsal em termos incorretos; corram nos passeios; não respeitem as instruções da organização.

Por motivos de segurança, durante a prova todos os corredores deverão manter-se exclusivamente na faixa da direita e no percurso oficial da prova.

Toda irregularidade ou atitude anti-desportiva cometida pelo corredor será passível de desclassificação.

O controlo de chegada será encerrado 2 horas após o início da prova.

Só poderão acompanhar a corrida os carros da organização e as viaturas das forças de segurança.

No caso de não haver condições técnicas e/ou de segurança para realização da prova, a organização reserva o direito de transferir ou cancelar a mesma, medidas essas que serão tomadas no dia do evento.

A organização da prova não se responsabiliza por qualquer acidente que venha a ocorrer com os participantes ANTES e APÓS a corrida, sendo que todas as medidas serão tomadas para a segurança dos atletas.

A segurança do evento receberá apoio dos órgãos competentes e haverá monitores (staff da organização) para a orientação dos participantes.

Ao participar deste evento, o corredor cede todos os direitos de utilização da sua imagem, renunciando ao recebimento de qualquer valor que vier a ser auferido com direitos a televisão ou qualquer outro tipo de transmissão e/ ou divulgação, promoções, internet e qualquer mídia em qualquer tempo.

Os acessos às áreas de concentração e largada serão sinalizados, sendo proibido saltar as grades que delimitam estas áreas da prova no momento da partida ou em qualquer outro momento, sob qualquer pretexto.

A organização do evento, bem como os seus patrocinadores, não se responsabilizam por prejuízos ou danos causados pelo corredor inscrito no evento, seja ao património público, a terceiros ou outros participantes, sendo esses de única e exclusiva responsabilidade do autor.

A organização poderá suspender a prova por qualquer questão que coloque em risco a segurança dos participantes, bem como atos públicos, vandalismo e/ou motivos de força maior.

Não são permitidos cancelamentos, podendo apenas serem feitas substituições de inscrições.

As inscrições podem encerrar quando a organização assim o entender por motivos de segurança ou qualquer outro motivo.

As classificações podem sofrer alterações após confirmação final de todos os tempos e escalões.

Todos os participantes (após efetuar a sua inscrição) assumem este regulamento.

Os casos omissos deste regulamento serão resolvidos pelo Diretor Técnico da prova e de acordo com os regulamentos oficiais da Federação Portuguesa de Atletismo.

Mais Informações
EventSport - www.eventsport.pt
E-mail - info@eventsport.pt
Telefone - +351 220 932 947 I Telemóvel - +351 918 613 380

É com orgulho que anunciamos Aurora Cunha, como Madrinha da 26ª Corrida da Nau AEBA Run Race.

Atreve-te 


OS ROMPE SOLAS

O Clube de Atletismo Os Rompe Solas de Vila do Conde foi fundado no dia 5 de setembro de 1993, quando um grupo de cerca de vinte atletas amadores decidiu partilhar a sua paixão pela modalidade e formalizar um ato associativo que hoje se traduz num clube que é reconhecido no movimento associativo vila-condense e tem alguma expressão a nível regional e nacional.

Começou por reunir alguns dos antigos atletas do Núcleo de Atletismo de Vila do Conde do Sporting Clube de Portugal já participantes nalgumas provas do calendário desportivo nacional, a que se foram juntando vários desportistas que, a título individual, praticavam a modalidade, essencialmente de convívio e lazer, numa perspetiva de saúde e bem-estar.
Enfrentando dificuldades e contrariedades que são comuns à maioria das coletividades desta dimensão, o Clube foi oficializado em Assembleia Geral de associados, constituída pelo conjunto dos seus atletas, que delineou e aprovou os respetivos estatutos, elegeu a primeira Direção e planeou o calendário de provas.

A participação, inicialmente, em provas caráter popular, foi-se progressivamente alargando a provas de dimensão nacional, do fundo e meio fundo, sendo de destacar a presença anualmente repetida nas meias-maratonas de Lisboa, Nazaré, Almeirim, Aveiro e na corrida de S. João do Porto.

O “batismo” internacional aconteceu na meia maratona de Vigo, no ano 2000, estendido posteriormente a maratonas e meias maratonas em Paris, Londres, Roterdão, Rio de Janeiro, Nova Iorque, Barcelona e Berlim, com participações individuais e coletivas dignificantes para o clube, a cidade e o país.

O esforço contínuo de dos sócios-atletas tem permitido superar as limitações, designadamente de caráter financeiro, e que decorrem também da recorrente dificuldade de obtenção de apoio e patrocínios junto do meio empresarial, o que determina uma dependência significativa dos apoios atribuídos pela autarquia, incluindo a cedência do espaço-sede do clube.

As limitações estendem-se também ao nível da frequência e das condições de treino, sendo a orientação e planificação da responsabilidade de cada atleta, havendo alguns que desenvolvem a sua performance recorrendo a técnicos com formação especializada.

Apesar destes condicionalismos, o clube tem mantido um número de sócios-atletas que ronda as quatro dezenas, contribuindo para o desenvolvimento da prática desportiva em Vila do Conde, concelho que tem condições extraordinária para a prática do atletismo e que o clube aproveita bem, nomeadamente a magnífica marginal que tem ligação à Póvoa de Varzim.

O clube procura também manter uma relação de proximidade com a comunidade, associando-se a outros eventos de grande interesse sociocultural, merecendo especial destaque a participação na “Queima de Judas” e na “1º banho do ano na Praia da Senhora da Guia”.

A corrida da Nau é o evento desportivo com maior expressão na vida do clube, fazendo parte da comemoração anual do seu aniversário, incluindo uma corrida de 10 Km e uma caminhada de 5Km, com partida e chegada à emblemática Nau Quinhentista, com passagem pelo centro histórico, marginal e zona ribeirinha.

Em 2018 esta prova teve uma maior dimensão e envolvência justificada pelo caráter excecional vivência e celebração do 25º aniversário do Clube, num contexto que garantiu um nível de qualidade alinhado com as expectativas dos participantes e dos agentes envolvidos, de que se salientam a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Vila do Conde e que determinaram o reconhecimento do interesse municipal desta da prova de atletismo.

Em face dos resultados obtidos e numa perspetiva de crescimento contínuo, em2019 a corrida será organizada em conjunto com a AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave, parceria que permitirá consolidar esses resultados e sustentar os desafios que são colocados a um Clube com limitações financeiras evidentes, mas com uma alma imensa demonstrada pelas “forças vivas” que continuam a marcar um rumo marcado pelo grande envolvimento com a comunidade local.

Contar com a empresa Evensport para a promoção e organização desta 26ªedição é um motivo adicional para apelar à participação dos atletas, pela referência que a mesma constitui face às evidências de elevada qualidade no planeamento e estrutura organizacional nos eventos similares realizados anteriormente.

Estamos convictos de que a articulação e o desenvolvimento de esforços integrados rentabilizam recursos e geram condições capazes de garantirem mais um êxito para esta Nau, que que tão bem simboliza a determinação e a coragem de quem acredita de que a força do querer pode transformar sonhos em realidades.

                                


CAUSAS SOCIAIS

CAID – Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente, foi criada em 1998, por iniciativa da Câmara Municipal de Santo Tirso (CMST) e de um conjunto de entidades e empresários do concelho de Santo Tirso, dos quais se destacam a ACIST – Associação Comercial e Industrial de Santo Tirso, a Sol-do-Ave – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Ave e a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso.

CAID-CIPRL.COM

Santo Tirso

A Associação Famalicense de Prevenção e Apoio à Deficiência, Instituição Particular de Solidariedade Social, foi constituída em 27 de Janeiro de 1993, com registo no livro das Associações de Solidariedade Social efetuado em 30 de Dezembro de 1994, tendo sido considerada Pessoa Coletiva de Utilidade Pública (ver 1 e 2 folha da certidão na pág. 8).

A sua constituição ficou a dever-se a um Grupo de Pais e Amigos dinamizados por Técnicos da Segurança Social de Vila Nova de Famalicão que sentiram dificuldades ao nível do apoio a crianças e jovens com deficiências e incapacidades. Dada a impossibilidade de resposta das estruturas existentes e o elevado número de casos detetados no concelho, iniciou-se um movimento de congregação de esforços, com o intuito de satisfazer as necessidades detetadas.

Assim, o grupo de Pais e Técnicos elaborou os estatutos e em 7 de Julho de 1995 estes foram apresentados para aprovação ao Ministério do Emprego e Segurança Social. O seu registo definitivo foi realizado pela Direção Geral de Acão Social em 23 de Agosto de 1995. Esta Associação inicialmente com sede na Escola Sede n.º 4, assumiu, em 1995, o Apoio Técnico Precoce a crianças com necessidades educativas especiais ou em risco grave de atraso no desenvolvimento e suas famílias.

AFPAD.ORG

Famalicão

Foi em 1979 que nasceu e ganhou forma a ideia de um centro especial para apoiar o desenvolvimento de crianças e jovens com deficiência mental. A falta de resposta às exigências pedagógicas de crianças com necessidades educativas especiais conduziram a Professora Maria da Conceição Nunes Dias Leitão, a propor aos Lions Clube da Trofa a criação de uma Instituição desta natureza.

Aprovado o projecto, António José Gomes Dias Leitão, na qualidade de Presidente do Lions Clube da Trofa, abraçou esta tarefa como sua. A obra nasceu e vinte e quatro anos decorridos falam da grandiosidade e importância da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) da TROFA, para todos, famílias, crianças e jovens com necessidades de educação específica, cidadãos que se revêem nesta Instituição e a acarinham, funcionários e técnicos que nela trabalham.

APPACDM-TROFA.COM

Trofa

Um grupo de pessoas que acreditou, e confirmou, que é possível construir um Obra. Basta que para tanto se movam, em conjunto, vontades e esforços. Como dizia Fernando Pessoa “Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce”.

Em final de 1976 e em reunião realizada na cantina da Escola dos Correios (posteriormente Delegação Escolar e hoje Jardim de Infância) constituiu-se uma equipa de cujo trabalho resultou a Instituição que hoje somos. A primeira sede foi disponibilizada pelo Dr. António José de Sousa Pereira numa sala pertencente ao complexo da Igreja da Misericórdia da qual ele era Provedor. Este ilustre vilacondense viria a ser o primeiro Presidente da Assembleia Geral, dos futuros corpos gerentes, cargo que manteve enquanto a sua saúde permitiu.

MADI.PT

Vila do Conde

A Bomporto Cooperativa de Solidariedade Social é uma entidade de caráter social, criada a 13 de Julho de 2009.

A Bomporto é reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social desde 23/10/2009.
Abrange e apoia pessoas com deficiência, com grau de incapacidade superior ou igual a 50 %.

BOMPORTOCOOPERATIVA.ORG

Maia

                                


AMBIENTE

A organização da Corrida da Nau vai mais uma vez adoptar um postura a favor do ambiente e o mais sustentável possível, por entender que o papel de preservar os recursos naturais que o planeta nos dá é de todos e que por muito pequeno que seja o gesto, será sem dúvida uma mais valia para obem futuro de todos.

Para cumprir o que nos proposemos vamos apresentar troféus para os vencedores, medalhas para os finishers da corrida, e porta-chaves para os caminhantes feitos em madeira, algomerados e cortiça,como podem ver nas imagens abaixo. Outra medida tomada pela organização são so sacos com os kits que vão ser entregues aos participantes, que serão em papel.

E para coroar todo este sentimento ambientalista, nada como ter como carro relógio um veículo 100% elétrico e com 0 emissões de CO2 que será um BWM I3!


                                


LAZER


Barbieri

Uma barbearia com um conceito moderno e clássico...com um horário diferente,onde se pode beber um copo,ouvir música,cortar o cabelo e até agendar uma tatuagem! Um espaço magico dedicado a muitas artes... Ha quem diga que é magia.

"Também estaremos na Vossa festa"


VIKINGS CLUBE MOTARD

Os Vikings da Póvoa de Varzim são um clube único e não tem, nem terá, outras filiais.
Organizamos e gerimos os nossos eventos sejam eles:
- festivos
- motards
- desportivos
- lúdicos
- de carisma social
- caridosos
- outros, desde que de interesse para o clube.
Embora tenhamos uma maior atividade ligada as motas, temos também outros interesses e executamos diversas ações sociais.
Temos sempre como objectivo base a amizade, o convívio, os passeios, o apoio social e o encontros e eventos ligados aos interesses Vikings.

Bw Duet

Hugo Lima nascido em 13/7/1991. Iniciou a sua formação na música aos 3 anos, terminou o 8º grau de violino na Academia de Música de Espinho com a professora Romiana Badeva. Frequentou a Rockschooll Jahas onde aprimorou técnicas de improviso e Jazz com o professor Arlindo Silva. Optou definitivamente pela música, deixando para trás Engenharia.

Inês Lima nascida 4/7/1995. Iniciou a sua formação na música com 4 anos, terminou o 8ºgrau de violino na Academia de Música de Espinho também com a professora Romiana Badeva. Frequentou  a Rockschooll Jahas onde também aprimorou a sua técnica de improviso e Jazz com o professor Arlindo Silva. Continua a sua carreira paralela como Psicóloga.

"Este dueto também acha a corrida da NAU A SUA PRAIA"

Fredo

Com a Banda do Fredo ...Correr é uma animação


Clube Fluvial

O Clube Fluvial vai participar na prova com:

Prova demonstração no rio em simultâneo com a Corrida da Nau e vai também fazer uma regata de veleiros.


RUXAXÁ

O Ruxaxá alegria dá!

O Ruxaxá é um grupo de amigos, englobando três gerações com a mesma paixão pela percussão e gaitas de fole, que se sente feliz a rufar os bombos, tambores e caixas e gosta de fazer os outros felizes, promovendo a cultura e recreação através da música popular portuguesa, como sejam as chulas, os viras, os malhões…
Ruxaxá, que em sentido figurado significa algazarra, é um grupo muito animado que além de rufar ao som das gaitas de fole, também canta e até dança. Arruadas, animações de rua, apresentações em palco têm sempre como lema: “Ruxaxá alegria dá, Ruxoxó é forrobodó!”


RANCHO DAS RENDILHEIRAS DA PRAÇA

O RANCHO DAS RENDILHEIRAS DA PRAÇA, com sede em edifício próprio na rua que tem o seu nome da cidade de Vila do Conde, é um agrupamento artístico, cultural e regionalista. Fundado em 1920, embora um jornal da época aluda já á sua existência em 1915. É considerado sem sombra de dúvidas o rancho mais antigo de Portugal.


As suas quase centenárias raízes, foram inspiradas em tradições, cultos e costumes populares que os séculos fizeram dobrar em Vila do Conde, desde a milenária evocação religiosa festiva a São João Baptista, seu padroeiro, em 24 de Junho. A história da nossa terra é rica em monumentos e belezas naturais. Foi berço e nela também viveram figuras ilustres deste velho continente de que nos fala a nossa história pátria, dos seus “Varões insignes, poetas, prosadores, guerreiros e eclesiásticos de grande honra e glória... são famosas as suas Rendas de Bilros e todo o repositório salutar de virtudes ancestrais, que são o orgulho da Alma do Povo Vilacondense.

0s seus cânticos e danças são de uma originalidade singular, musicadas e compostas por mestres vilacondenses. 


RANCHO DO MONTE

Associação Cultural e Recreativa do Rancho das Rendilheiras do Monte de Vila do Conde.

FUNDADO em 1918


Grupo de Bombos Amigos de Gião

Fundado em 2018 por dois amigos com o gosto em comum pelo bombo.


No primeiro ensaio apenas tinhamos 5 bombos sendo 4 deles emprestados.

Entretanto com o patrocínio Canalizações Alves, o apoio da Junta de Freguesia de Gião e com o esforço de todos fomos crescendo, contando actualmente com 36 elementos e 39 instrumentos (bombos , caixas , timbaloes e 3 concertinas).


ASSOCIAÇÃO CULTURAL RECREATIVA E SOCIAL "OS RESTAURADORES"

"Bagunte é uma terra de teatro", foi com o intuito de restaurar o gosto pelo Teatro que em 1997 surgiram os Restauradores. O projecto pretendia dinamizar a parte cultural envolvendo jovens e fomentando neles a paixão por esta arte. E muito embora seja o Teatro a pedra basilar da associação, "Os Restauradores" não se deixaram ficar por aí! Integrando a Dança e o Canto como actividades suplementares conseguiu abranger muitos mais jovens, de idades muito mais díspares.

                                



Confeitaria Moura com a 7ª Maravilha da Doçaria portuguesa

A Pastelaria e Confeitaria Moura nasce em 1892 para adocicar os nossos dias. Produz uma enorme variedade de iguarias de receita ancestral, sendo os Jesuítas a grande especialidade. Há 125 anos que a receita artesanal se mantem num segredo fechado a sete chaves, sempre igual e na mesma família. O valor resulta fundamentalmente da autenticidade do fabrico, da seleção criteriosa da matéria-prima e do ritmo controlado do tempo de produção. Não há matéria, nem produto acabado que, artificialmente, se resguarde em siberianos congeladores. Tudo quanto num dia se fabrica, nesse mesmo dia se esgota. Pratica-se o culto do bom gosto, fazendo o amor e a arte.


Refresco – Alimentação Saudável

O Teu Momento FELIZ!

O Refresco é uma espaço de comida saudável e equilibrada! A nossa missão é proporcionar uma experiência gustativa e nutritiva inesquecível tendo sempre presente o equilibrio! E dar-te com isso um momento feliz no teu dia!


Bicafé

A Bicafé associa se à Corrida da Nau , estará na zona de partida para oferecer aos participantes aquele café que precisa para se superar na nossa prova.


Fisionorte – Massagens

Distinguimo-nos pela intervenção de excelência com base no tratamento individual e personalizado utilizando técnicas inovadoras e com resultados visíveis e significativos na qualidade de vida de cada paciente.


Délifit

Uma alimentação rica em nutrientes, que nos dê prazer é efetivamente algo que todos gostamos nos dias de hoje. Mas para isso devemos prescindir do sabor dos alimentos para sermos saudáveis? Venha descobrir!